quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

alhos, prosas e sal
verso temperamental
no tempero mental

2 comentários:

Francisco de Sousa Vieira Filho disse...

Hail, seguindo tb... sou fã de sonetos, engatinhando nos haicais... gostei mt. dos seus... Forte abraço...

Dan disse...

ah esse tempero mental que nos faz ver as coisas...
mistura de versos reversos, alho e sal
a como sonha a criação...