segunda-feira, 7 de junho de 2010

O [des]caus urbano


Todos dormem.

Caminho pela cidade

que não dorme.


Acendo um cigarro metafísico...

sinto o cheiro

é a gasolina que se derrama

das bocas em carros empilhados

Tenho alguns pensiléssimos

de segundo

até que as cinzas [ainda

fumegante do que vejo]

toquem o asfalto

de pólvoras



a espera do boom!

3 comentários:

andreyarnauty disse...

São Paulo faz a gente sentir cada coisa... A cidade (con)funde o pensamento.


Abraço!

Danilo disse...

Obrigado pela visita,estive ausente do mundo virtual,só vi agora o comentário que deixaram... :D Que bom que gostou do meu blog!

Estou dando uma passeada pelo de vocês!

Abraços!

Arthur Dantas disse...

uuuu
tenso

gostei muito!

o blog tá bem clean
gostei tbm.