segunda-feira, 2 de novembro de 2009

2 de novembro

Nesse dia ócio
acordei cedo com a esperança
de que um místico me dissesse
porque o céu é mais azul
no dia dos mortos.

Vento não há
e nem passantes:
todos medíocres
levando flores e velas
ao depósito da matéria.

E aqui, eu
indagando ao céu azul:
"Não poderia estar no México?"
En el día de los muertos hay mucha fiesta
e comem doces
imitando a Páscoa
para celebrar a renovação?

2 de novembro
morte ao que não presta!
Nada de chorar velas
e fazer murchar lindas flores
às feridas que ainda pu (LSAM) s!

Minha varanda
lembro Quintana:
"Fumar é suspirar poeticamente".


(MeggieLetras - em aparição no dia dos mortos)

2 comentários:

Andreia disse...

Muito bom!

Regis disse...

Não sou fã do verso livre, mas tapo os olhos ao que escrevo agora: "Parabéns, grande texto. Excelente."